Covid-19: New Balance vai doar máscaras protetoras

Linha de produção de 3 mil protetores “face shield” que serão doados pela New Balance para hospitais municipais Quixeramobim, no Ceará, e Campo Bom, no Rio Grande do Sul. (Divulgação)
Linha de produção de 3 mil protetores “face shield” que serão doados pela New Balance para hospitais municipais Quixeramobim, no Ceará, e Campo Bom, no Rio Grande do Sul. (Divulgação)

Neste momento de combate à Covid-19, a New Balance reforçou seu comprometimento com o bem estar social e a saúde pública por meio de colaboração com a Aniger – sua longa parceira de produtos calçadistas no país – doando materiais e calçados às comunidades em que a marca atua no Brasil.

A New Balance vai doar um total de 20 mil máscaras protetoras para as comunidades locais e três mil protetores “face shield” para os hospitais municipais através de doações aos serviços de saúde das cidades de Quixeramobim, no Ceará, e Campo Bom, no Rio Grande do Sul. Em paralelo, também doará 200 pares de calçados para trabalhadores da área de saúde destas regiões. As recomendações são de que o profissional use mais de um par de sapatos ao longo de sua jornada de trabalho para evitar o alastramento da Covid-19.

Produção de máscaras cirúrgicas pela Angier em parceria da New Balance para o combate à Covid-19. (Divulgação)
Produção de máscaras cirúrgicas pela Angier em parceria da New Balance. (Divulgação)

“Como uma empresa preocupada com valores e propósitos, estamos comprometidos em apoiar comunidades brasileiras durante a crise da Covid-19”, afirma John Cullen, gerente geral da New Balance na América Latina. “Sabemos que os profissionais de saúde estão trabalhando sob pressão extrema e permanecem o dia inteiro em pé, então estamos felizes em poder providenciar calçados de conforto e qualidade para aqueles que estão nas linhas de frente”.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1009 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*