Ironman Brasil faz doação para Projeto Monike Azevedo

Monike Azevedo com o cheque da doação do Bazar Solidário Ironman Brasil
Monike Azevedo com o cheque da doação do Bazar Solidário Ironman Brasil

O Projeto Monike Azevedo, da triatleta Monike Azevedo, que desenvolve projetos sociais com finalidades educacionais, culturais e desportivas para crianças entre 7 e 16 anos de baixa renda da Região dos Lagos, na Base Aérea de São Pedro d’Aldeia, no Rio de Janeiro, que já atendeu a mais de 5 mil menores, recebeu, na semana passada, uma doação de R$ 15 mil obtidos no terceiro Bazar Solidário Ironman Brasil.

Em dezembro, a Unlimited Sports, organizadora da etapas do Circuito Ironman no Brasil, promoveu o Bazar, em São Paulo, com a participação de triatletas, com os valores do evento sendo revertidos para o Projeto Monike Azevedo.

Ironman Brasil apoia projetos desde 2007

O Ironman Brasil colabora, desde 2007, com instituições assistenciais por meio de doações em dinheiro, alimentos e objetos que possam ser aproveitados por eles. Mais de R$ 550 mil foram doados a instituições como a APAE de Florianópolis (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), em projetos para inclusão social de pessoas com deficiência; a AFLODEF (Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos), com doações de verba para a compra de cadeiras de roda, totalizando 200 cadeiras; o projeto da Escolinha de Triathlon da Federação de Triathlon de Santa Catarina, entre outras também beneficiadas.

Desde de 2018, também passou a apoiar ações sociais para jovens. Foram feitas mobilizações envolvendo atletas inscritos com o objetivo de arrecadar alimentos, materiais esportivos e brinquedos para as instituições. A Unlimited Sports colabora ainda com atletas iniciantes oferecendo cortesias e descontos para projetos esportivos como o Instituto Fernanda Keller, no Rio de Janeiro, e o projeto Talentos do Capão. 

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1009 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*