Maratona de Chicago: caridade gera US$ 22,7 milhões

Maratonistas passam pelo Chicago Theatre, um dos pontos turísticos da cidade
Maratonistas passam pelo Chicago Theatre, um dos pontos turísticos da cidade

A Maratona de Chicago anunciou, recentemente, que seu programa de caridade arrecadou US$ 22,7 milhões através de 11 mil corredores, em 2018. Desde 2002, quando foi oficialmente lançada, a iniciativa já teve a participação de 128 mil corredores, que resultaram em US$ 207 milhões para causas sociais na cidade, nos Estados Unidos e no mundo. Este ano, a prova acontece no dia 13 de outubro.

“Tem sido incrível ver o crescimento do nosso programa de caridade ao longo desses 17 anos”, afirmou Carey Pinkowski, diretor executivo da Maratona de Chicago. “O que começou de uma pequena ideia, com 1.600 corredores, em 2002, tornou-se um pilar do evento. Os esforços para a angariação de fundos do ano passado aumentam em muito o grande legado do programa, e o impacto continuará a crescer com a chegada de uma outra turma de corredores de caridade, como a de 2019.”

Largada da Maratona de Chicago, que reúne mais de 40 mil corredores todos os anos
Largada da Maratona de Chicago, que reúne mais de 40 mil corredores todos os anos

O programa de caridade da Maratona de Chicago de 2019 tem 170 instituições participantes e reúne mais de 12 mil corredores. Para este ano, espera-se arrecadar fundos relacionados com 14 questões sociais diferentes, incluindo educação, desenvolvimento da juventude, cuidados de saúde e serviços sociais.

Impacto anual da Maratona de Chicago é de US$ 338 milhões

Em um esporte que se concentra em realizações individuais, o programa de caridade dá aos corredores a oportunidade de participar de uma equipe e fazer com que sua corrida seja mais significativa. É correr também em nome de uma causa.

“Uma das principais razões para a Maratona de Chicago estar entre as maiores provas mundiais é o seu poder e o espírito de se dedicar à comunidade”, disse disse Paul Lambert, executivo do Bank of America, patrocinador master da prova. “A prova tem, como compromisso, fazer com que a experiência dos participantes tenha um significado importante. Além de sua conquista pessoal, ele estará correndo para o benefício de uma instituição de caridade”, acrescenta Lambert. “Estamos honrados em fazer parte dessa corrente positiva para a comunidade, que gera um impacto econômico de US$ 338 milhões para a cidade e para causas de caridade “.

Programa de caridade está com inscrições abertas

Hoje, só há duas maneiras de participar da prova, pois as inscrições já estão encerradas. Ou pelos pacotes de agências de turismo ou pelo programa de caridade. Os corredores interessados em garantir sua vaga na prova e correr por uma causa podem acessar o site da prova para obter mais informações.

Com seis participações, o publicitário Ricardo Chester dá dicas para a Maratona de Chicago

Integrante da World Majors Marathon, que reúne as melhores do mundo, como Tóquio, Boston, Londres, Berlim e Nova York, a Maratona de Chicago chega ao seu 42º ano, no dia 13 de outubro. No Grant Park, local da largada e da chegada, mais de 40 mil maratonistas de 100 países estarão alinhados para percorrer, em um tour arquitetônico e cultural, os 29 bairros do percurso. Estima-se que mais de 1,7 milhão de espectadores estejam nas ruas torcendo e incentivando os atletas até o trecho final da Columbus Drive.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 951 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*