Maratona do Rio é remarcada para 11 e 12 de outubro

Maratonistas passam diante da Igreja da Candelária. Maratona 2020 será mais rápida. (Divulgação)
Maratonistas passam diante da Igreja da Candelária. Maratona 2020 será mais rápida. (Divulgação)

A Maratona do Rio tem nova data. Por causa da pandemia do coronavírus Covid-19, as provas que compõem o evento, que aconteceriam entre os dias 13 e 14 de junho, foram remarcadas para 11 e 12 de outubro. A decisão de adiar a prova segue a orientação do Ministério da Saúde para os eventos durante o período de quarentena e tem como objetivo preservar, em primeiro lugar, a saúde e o bem-estar de atletas, funcionários, parceiros e da comunidade, bem como antecipar possíveis dificuldades no treinamento que pudessem comprometer a experiência dos inscritos.

A programação da prova será a seguinte: no domingo, dia 11, acontece a Meia Maratona do Rio, com largada e chegada no Aterro do Flamengo. Já na segunda-feira, dia 12, serão disputadas as distâncias de 5km, 10km e 42km, todas com largada e chegada também no Aterro.

Casa da Maratona do Rio acontecerá de 9 a 11 de outubro

A nova data foi escolhida por também se tratar de um feriado nacional. Com isso, corredores que vêm de diversas partes do país e do exterior têm mais tempo para chegar à cidade e se organizar para a competição. A mudança impacta, ainda, a montagem da Casa Maratona, que funcionará entre os dias 9 a 11 de outubro e vai reunir marcas relacionadas ao esporte no Centro de Convenções SulAmérica. O local será base para a distribuição dos kits dos atletas.

Os corredores já inscritos, automaticamente foram migrados para as novas datas do evento. Já os que não puderem participar da competição neste ano, poderão solicitar a transferências da inscrição para a edição de 2021 da prova, se assim o desejarem. Para cancelamento e outras dúvidas, os atletas poderão entrar em contato pelo e-mail contato@maratonadorio.com.br.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1005 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*