UB515 Brasil Ultra Triathlon 2020 divulga participantes

Ivan Albano Júnior conquista o tetracampeonato da UB515 Brasil Ultra Triathlon em 2019. (Sandra Guedes:Divulgação)
Ivan Albano Júnior conquista o tetracampeonato da UB515 Brasil Ultra Triathlon em 2019. (Sandra Guedes:Divulgação)

A sétima edição da UB515 Brasil Ultra Triathlon divulgou a lista dos 32 participantes da prova entre os dias 24, 25 e 26 de abril de 2020, entre as cidades de Ubatuba, em São Paulo, e Paraty, no Rio de Janeiro. O desafio é feito nos mesmos moldes do Mundial de Ultraman, no Havaí, com os triatletas nadando 10km e pedalam 145km no primeiro dia, pedalam outros 276km no segundo dia, e correm 84,4 km no terceiro e último dia.

Triatletas largam em Ubatuba para a UB515 Brasil Ultra Triathlon em 2019. (Sandra Guedes:Divulgação)
Triatletas largam em Ubatuba para a UB515 Brasil Ultra Triathlon em 2019. (Sandra Guedes:Divulgação)

Para o UB515 de 2020, os selecionados foram Adilson Scapim, Alessandro Medeiros, Aléssio Dantas, Aline Luftmann, André Ricardo Picanço, Alex Freire, Cesar Curti, Cristiano Finkler, Daniel França, Douglas Barros Ricardo, Erick Duarte, Fabiano Peres, Fernando Falcão do Vale, Fred Alves, Gastón Ramos, Gustavo Guaraldi, Hugo Goeking, Juan Coassolo, Maicon Amaro, Marcos Dantas, Paulo Roberto de Abreu, Pedro Ivo Zacarias, Pedro Morganti, Rafael Peralva, Renato Amante Chidiquimo, Renato Valer, Ricardo Chemmer, Rubnei Gallego, Sergio Cordeiro, Tiago Peres da Silva, Valentim Valer e Walter Paschoalotti Netto.

UB515 Brasil Ultra Triathlon 2020 terá estrangeiros

Para participar da competição, não basta apenas se inscrever. O triatleta tem seu currículo esportivo analisado e passa por uma entrevista com os organizadores. Ter sido finisher em provas de Ironman ou do Ohana Kahi 255.0  Ultra Triathlon (com 5km de natação, 200km de ciclismo e 50km de corrida, também organizado pela mesma equipe do UB515, é o caminho a seguir.

Segundo Alexandre Luna, um dos diretores do evento, o espírito da prova é o grande diferencial.

– A família a cada prova só aumenta, e sempre com os valores que prezamos desde a concepção do primeiro UB515, em 2014: superação, simplicidade, solidariedade, companheirismo e cortesia – diz Luna. – Valores representados pelas palavras havaianas aloha (amor), ohana (família) e kokua (solidariedade). O triathlon não como um fim em si, mas um meio para algo maior que deixe um real legado na vida de cada participante.

Triatleta no segundo dia da UB515 Brasil Ultra Triathlon em 2019. (Sandra Guedes:Divulgação)
Triatleta no segundo dia da UB515 Brasil Ultra Triathlon em 2019. (Sandra Guedes:Divulgação)

O UB515 de 2020 contará com a participação de dois argentinos. Um deles, Juan Cassolo, que já correu o Ultraman Havaí, realça o sonho da ultradistância.

– O Ultra Triathlon é uma paixão, é um desafio esportivo e pessoal, é um sonho, e os sonhos devem ser perseguidos e tornados realidade. Os objetivos levam a um caminho que não tem retorno e esse caminho leva você cada vez mais alto, a um lugar onde você se desafia cada vez mais – afirma o triatleta. – Todos nós temos uma qualidade, um presente e esse fogo interior que pode nos levar a cumprir o que propomos, se trabalharmos duro e confiarmos que o esforço valerá a pena em algum momento.

Apenas uma mulher entre os competidores

Dos 32 selecionados, destaque para a única mulher, Aline Luftmann.

– Desde que tomei conhecimento das provas nesta distância, sempre imaginei um dia fazer. Quando  criaram o UB515 a prova passou a fazer parte dos  meus sonhos no triathlon. Ano passado tive a oportunidade de conhecer o ambiente e estrutura da prova e fiquei ainda mais motivada. Minha expectativa para 2020 é concluir os três dias colocando em prática tudo o que tiver treinado e fazer a melhor prova de todas que já fiz até hoje! – diz ela.

De staff para participante

Fabiano Peres fará o UB515 pela primeira vez como atleta, pois já participou duas vezes como treinador e staff de Ariel Lenharo.

– Espero no evento do ano que vem fazer o que amo: triathlon com amigos que serão meus staffs, e a família que está dando suporte e incentivo desde já para iniciar os treinos, além da organização da prova, que faz com que a modalidade volte aos tempos ‘extraordinários’ do triathlon do início da década de 90, que foi quando iniciei na modalidade – conta ele, entusiasta do período que marcou o triathlon nacional com ídolos como Alexandre Ribeiro, hexacampeão mundial de Ultraman e também diretor do UB515.

Outro estreante será Fernando Falcão, que ao saber que havia sido selecionado, já vibrou com o início do processo:

– Ser selecionado para o Ultraman Brasil, foi um sonho realizado. O desafio me motiva, o estilo da prova me dá energia para buscar forças além do meu limite, com crescimento pessoal, espiritual e profissional. Sinto-me mais feliz com a oportunidade de realizar esta prova e me tornar parte desta família. Aloha!

Campeão em 2014, 2015 e 2016, Ivan Albano Júnior se tornou tetracampeão no ano passado, com um total de 23h06m38s, sendo 7h31m54s no primeiro dia, 8h27m40s no segundo dia e 7h07m04s no último dia.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 982 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*