Joshua Cheptegei faz 12m51s nos 5km, recorde mundial

Com o tempo de 12m51s, o ugandês Joshua Cheptegei vence prova em Mônaco e é o novo recordista mundial da distância
Com o tempo de 12m51s, o ugandês Joshua Cheptegei vence prova em Mônaco e é o novo recordista mundial da distância

Com o incrível tempo de 12m51s, Joshua Cheptegei, de 23 anos, é o novo recordista mundial dos 5km. Neste domingo (16/2), em Mônaco, na Monaco Run 5km, o ugandês dominou a prova de ponta a ponta e superou, em 27 segundos, a marca de Rhonex Kipruto, de 13m18s, estabelecida em Valência, quando o queniano bateu o recorde mundial de 10km em Valência, em 12 de janeiro.

Sem precisar de lebres (corredores que ditam o ritmo), Joshua Cheptegei disparou logo no primeiro quilômetro, fazendo a distância em 2m31s, seu trecho mais a rápido na prova. O segundo quilômetro foi feito 2m35s, o terceiro, em 2m36s, e o quarto, em 2m35s. Para encerrar, o último foi fechado em 2m32s.

– Uau, isso é realmente ótimo – afirmou Cheptegei, campeão mundial dos 10.000m em Doha, em 2019, com 26m48s36, que estava fazendo sua estréia nas corridas este ano. – Eu queria fazer menos de 13 minutos. Tinha isso em mente hoje. Quando percebi que minhas pernas estavam correspondendo ao planejado, decidi tentar. Tirar muitos segundos desse recorde me deixa muito feliz e é um ótimo primeiro teste para mim na temporada.

Mais dois recordes nos 5km

Em segundo lugar ficou o francês Jimmy Gressier, que, com 13m18, é o novo recordista europeu da distância. A marca anterior era do britânico Julien Wanders, de 13m29s, também estabelecida em Mônaco, em 2019. O também britânico Nick Goolab foi o terceiro, com 13m27s, dois segundos à frente do francês Mohamed Amine El Bouajaji.

No feminino, a francesa Liv Westphal, com 15m31s, venceu a prova e bateu o recorde francês. Em segundo lugar ficou a italiana Imane Zouhir, de Mônaco, com 17m33s, e, em terceiro, a também francesa Evangelista Divetain, com 18m31s.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1005 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*