Maratona de Tóquio 2021 ainda não tem data confirmada

Maratona de Tóquio 2021 ainda está com data indefinida. (Divulgação)
Maratona de Tóquio 2021 ainda está com data indefinida. (Divulgação)

Os organizadores da Maratona de Tóquio ainda estão estudando a melhor data para a prova em 2021.

Preocupados com a pandemia da Covid-19, eles estão avaliando a possibilidade de reagendar a prova do ano que vem, atualmente marcada para 7 de março.

A nova data seria no outono japonês, entre outubro e dezembro, caso o novo coronavírus continue a ser um obstáculo até o início de 2021.

A organização quer que a prova do próximo ano tenha a participação do público em geral, diferentemente do que ocorreu este ano, fortemente impactada pelo novo coronavírus.

A Maratona de Tóquio 2020, disputada em 1º de março, não foi cancelada porque valia como seletiva para a maratona olímpica _ a feminina seria em 7 de julho e a masculina, 8 de julho. Por causa disso, em fevereiro, ficou decidido que a prova ficaria restrita somente aos atletas de elite.

Inscritos na Maratona de Tóquio 2020 têm vaga garantida em 2021 ou 2022

Naquele momento, o futuro das Olimpíadas estava em compasso de espera. Os responsáveis pelos Jogos Olímpicos só anunciaram seu adiamento do megaevento no dia 24 de março, passando de julho deste ano para o mesmo mês em 2021.

Como forma de não prejudicar os cerca de 40 mil inscritos na prova deste ano, a organização garantiu as inscrições na edição de 2021 ou na de 2022.

A Maratona de Tóquio faz parte da World Marathon Majors, que reúne as seis principais corridas do mundo. Em 2020, as provas de Boston, Berlim, Chicago e Nova York foram canceladas.

A Maratona de Londres foi transferida de 26 de abril para 4 de outubro. Como aconteceu com a da capital japonesa, apenas corredores de elite estarão na prova. Os 42km londrino serão dentro de um parque, com acesso restrito ao público.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1035 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*