Como treinar durante as festas de fim de ano

Como treinar durante as festas de fim de ano
Como treinar durante as festas de fim de ano

Dezembro chegou e com ele o dilema da gula em jantares, churrascos, festas de encerramento de ano, Natal, réveillon… Mas como continuar seus treinos diante tantas possibilidades de “chutar o balde” e “enfiar o pé na jaca”? Diante de tantos eventos, você sofre pensa: vai ser difícil treinar! Só que não…É possível conciliar a agenda de festividades e com a planilha.

Para não perder o condicionamento e poder aproveitar as festas com sabedoria, veja algumas dicas:

Se você foi disciplinado o ano inteiro, aproveite os dias entre o Natal e réveillon para descansar e fazer outras atividades fora de sua rotina de treino. Seu organismo também precisa de repouso e férias para se preparar para os treinos que estão por vir. Muita gente não leva a sério, mas descanso também faz parte da rotina do seu treinamento.

Treinar pela manhã é melhor

Mas se você não foi assim tão disciplinado, não cumpriu todos os treinos, arrumou desculpas para não treinar ou se começou a correr agora, esta época do ano é terrível.

Treine pela manhã para não se arrepender por não ter treinado em nenhuma hora do dia neste período de comemorações. Como você pode não ter hora para voltar à noite, treine cedo. Uma outra opção é levar seu o kit corrida para o trabalho para treinar após o expediente.

Como nessa época do ano sua agenda festiva pode deixar pouco tempo para corridas longas, opte por distâncias curtas. O importante é estar em atividade. Dois ou três dias sem treinar podem ser uma desculpa para ficar a semana inteira sem correr. Se esforce para ter uma sequência de treinos, nem que seja menor do que o que está acostumado.

Essas são dicas são fáceis de serem cumpridas. É só se planejar. Dessa forma, você conseguirá dar sua corridinha e participar dos esses eventos gastronômicos, sem dó nem piedade.

Felicidades nas comemorações e saúde nas corridas em 2020!

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1009 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*