Câncer de pele: dermatologista faz alerta aos corredores

Dermatologista Dr. Fábio Gontijo alerta para os cuidados com a pele durante as corridas ao ar livre. (Divulgação)
Dermatologista Dr. Fábio Gontijo alerta para os cuidados com a pele durante as corridas ao ar livre. (Divulgação)

Cuidado com os lábios, orelhas e pálpebras, é o que pede o dermatologista Dr. Fábio Gontijo aos adeptos de corridas, principalmente das maratonas. Embora frequentemente negligenciadas por atletas e demais praticantes de atividades físicas ao ar livre, essas regiões são propícias aos tipos de câncer mais agressivos à pele.

De acordo com o especialista, o ideal é evitar correr no período em que a radiação solar é mais intensa – entre 10h e 16h. No caso dos profissionais que não têm poder em relação ao horário das competições, é fundamental se proteger com os meios disponíveis no mercado.

“O uso do protetor solar é fundamental na maior parte do corpo, incluindo as orelhas, para diminuir o risco de câncer de pele ao longo do tempo. Para os lábios, existem hidratantes com filtro solar que fazem bem o papel de proteção na região”, indica o Dr. Fábio Gontijo.

Óculos, chapéu e roupas com proteção UV são aliados na prevenção ao câncer de pele

A preservação das pálpebras deve ser feita, de preferência, por óculos com proteção ultravioleta, já que algumas pessoas podem não tolerar o protetor solar na região, causando alergia e irritação. Outra saída são os chapéus ou viseiras.

“É importante ficar atento aos óculos falsificados que prometem proteção e não têm. Caso não vá utilizar o óculos o tempo todo, as proteções como chapéu e viseira também ajudam nessa defesa”, atenta o dermatologista. 

Outras dicas importantes listadas pelo Dr. Fábio Gontijo são: utilizar roupas com proteção UV cobrindo a pele, até mesmo camisa de mangas longas, se possível; beber bastante água; e autoverificação do corpo e visitas regulares ao dermatologista.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1152 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."