Jogos de Tóquio: três brasileiros na maratona olímpica

Daniel Chaves, Paulo Roberto de Almeida Paula e Daniel Ferreira do Nascimento disputarão a maratona dos Jogos de Tóquio, em 7 de agosto. (Divulgacão)
Daniel Chaves, Paulo Roberto de Almeida Paula e Daniel Ferreira do Nascimento disputarão a maratona dos Jogos de Tóquio, em 7 de agosto. (Divulgacão)

Daniel Chaves (ICB-RJ), Paulo Roberto de Almeida Paula (São Paulo/Kiatleta-SP) e Daniel Ferreira do Nascimento (ABDA-SP) foram confirmados, nesta quarta-feira (2/6), pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), como os representantes do Brasil na maratona dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A prova vai acontecer no dia 7 de agosto, na cidade de Sapporo, em Hokkaido, a cerca de 800km de distância da capital japonesa.

Os três superaram o índice de 2h11m30s exigido pela World Athletics para estarem nas Olimpíadas.

No feminino, nenhuma atleta conseguiu correr abaixo da marca mínima de 2h29m30s.

Prazo para obtenção de índice para os Jogos de Tóquio terminou na segunda

O prazo de qualificação para a maratona e para os 50km marcha atlética terminou na última segunda-feira (31/5). Os corredores foram extremamente prejudicados pela pandemia global, que cancelou muitas competições e não permitiu viagens ao exterior. O prazo foi de 1º de janeiro de 2019 a 5 de abril de 2020 e, depois, de 1º de dezembro até esta segunda-feira (31/5). Para as outras provas, segundo a CBAt, os atletas têm até dia 29 de junho para a obtenção dos índices.

Daniel Chaves foi o primeiro a obter o índice olímpico

O primeiro a correr abaixo de 2h11m30s foi Daniel Chaves. O petropolitano, nascido a 10 de julho de 1988, marcou 2h11m10s na Maratona de Londres, na Inglaterra, no dia 28 de abril de 2019. Já Paulo Roberto, paulista de Pacaembú, nascido a 8 de julho de 1979, completou a Maratona de Sevilha, na Espanha, em 2h10m08s, no dia 23 de fevereiro de 2020.

Daniel Nascimento, o mais jovem dos três, foi o último a carimbar o passaporte para Tóquio. Nascido em Paraguaçu Paulista, no dia 28 de julho de 1998, ele conseguiu o índice em sua primeira maratona. Daniel venceu a prova “O Bicentenário do Peru”, em Lima, no dia 23 de maio, com o tempo de 2h09m04s. No dia 29 de maio, menos de uma semana depois de garantir qualificação olímpica, Danielzinho, como é conhecido, venceu os 10.000 m do Campeonato Sul-Americano de Guayaquil, no Equador.

Enquanto Daniel Chaves e Daniel Nascimento vão estrear na Olimpíada, Paulo Roberto segue para a terceira em sua carreira. Ele foi oitavo em Londres-2012, com 2h12m17s, e 13º na Rio-2016, com 2h13m56s.

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1099 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."