Não corra as provas da Maratona do Rio sem ler essas dicas

Corredores passam pelo Aterro do Flamengo com o Pão de Açúcar ao fundo durante a Maratona do Rio.(Divulgação)
Corredores passam pelo Aterro do Flamengo com o Pão de Açúcar ao fundo durante a Maratona do Rio.(Divulgação)

Prestes a lançar  o livro “Não corra sem ler esse livro – Guia Mitokondria de Corridas”, o treinador Antonio Carlos Ferreira, diretor da assessoria esportiva Mitokondria, do Rio, preparou um texto com dicas para as provas da Maratona do Rio, que acontecem neste domingo (14) e segunda (15).

“Com um percurso que é a cara do Rio de Janeiro, teremos neste feriado de 15 de novembro, a Maratona do Rio e suas provas de Meia, 10km e 5km. É a principal maratona do Brasil e uma das provas mais importantes do país.

No domingo, a partir das 5h, com largada em ondas, teremos a Meia Maratona. Ela larga no Leblon em direção ao Centro. Até o Leme (7,5km) será à beira do mar, retornando em direção a Copacabana e entrando à direita na Avenida Princesa Isabel. Ali é praticamente uma reta até a Enseada de Botafogo. Nesse trecho há dois túneis, o que pode ser problemático para o GPS. É interessante guardar de cabeça a sua passagem pelos  10km, pois, algum problema pode surgir neste trecho.

Antonio Carlos Ferreira na Meia Maratona do Rio em 2018

Percurso da Maratona do Rio é muito bonito

Atenção nessa chegada a Botafogo, pois, haverá um pequeno retorno para pegar a pista do meio, por onde você seguirá até o Centro.

No km 17, começa uma série de curvas pelo Centro até o Km 19, dando uma volta contrária ao que normalmente acontece nas provas que passam por esta região. A Maratona fará a volta no outro sentido, chegando na Marina da Glória.

Esse percurso é muito bonito e praticamente reto. Se você treinou adequadamente, não terá maiores dificuldades.

A hidratação será de 3 em 3km e na Meia, assim como na Maratona, terão também isotônicos no percurso.

Durante a prova é permitido não usar máscara, mas, antes e depois da prova, é exigido seu uso.

Para quem vai correr a Maratona do Rio

Para a maratona, a largada, também em ondas, será na Marina da Glória, às 5h. Os corredores irão em direção ao Centro, passando pela Praça XV. Do Km 3 ao Km 4, serão várias curvas pelo Centro, entrando no Distrito Naval e contornando o Museu do Amanhã, onde está o Km 5. 

Com mais curvas e passando pela Roda Gigante, teremos um retorno no km 7,5 na direção da Avenida Rio Branco. Novamente os atletas vão passar pelo Distrito Naval, entrar na Rua Primeiro de Março e, mais à frente entrar pela lateral do Tribunal de Justiça. Mais algumas curvas e, a partir do Km 12, é praticamente uma reta até Copacabana. 

Após passar pelos dois túneis entre Botafogo e Copacabana, o Km 20 fica quase na praia. Indo direto até o Leblon, onde no retorno acontece no Km 27.

O Km 30 é próximo ao Posto 9, que, claro, para quem treinou não é motivo de preocupação.

A prova seguirá até o Leme, aproximadamente o Km 35, onde vai retornar e entrar novamente na Princesa Isabel e, praticamente, outra reta até a chegada. Em Botafogo não terá o retorno que foi feito na Meia e a sequência da prova será pela pista mais próxima ao mar, ao contrário da Meia, que será pela pista do meio.

O Km 40 é aproximadamente no Monumento a Estácio de Sá. Mais uma leve curva à esquerda e uma reta até a chegada.

O percurso é muito bonito, com diversos prédios históricos e pontos turísticos da cidade!!!!

Tem as curvas no início, mas, serve muito bem para você se concentrar na prova ou mesmo relaxar um pouco.

Na segunda, as provas de 5 e 10km começarão às 9h, com percurso plano e praticamente com duas retas, sem dificuldades de altimetria. Normalmente tem bastante gente na rua dando força aos corredores.

Lembre-se que em dia de prova não é para experimentar nada.

Quando chegar, não esqueça de se hidratar com sucos e isotônicos. Se for para comemorar, vale até uma cerveja long neck, mas, usar bebida alcoólica como recurso de hidratação é desastroso, pois dificulta sua recuperação pós-prova.

Falando em recuperação, se não estiver muito dolorido, um trote (corrida lenta) no dia seguinte, aproximadamente de 15 ou 20 minutos, ajuda bastante na recuperação.

Mais algumas dicas:

1. Procure não mudar radicalmente o seu “dia-a-dia” para a corrida.

2. No dia anterior e no dia da prova, não coma nada diferente que você não tenha experimentado antes. Evite as gorduras, cuidado com os molhos e com a carne vermelha, que é de difícil digestão.

3. Hidrate-se bem, no dia anterior e no dia, mas nada de bebidas novas.

4. Arrume sua mochila ou bolsa no dia anterior à prova.

5. O melhor dia para dormir mais e ter um descanso maior, é da antevéspera para a véspera da prova, no dia da prova, normalmente, você fica nervoso e/ou ansioso, então, é normal dormir pouco ou dormir mal.

6. Leve R$ 10 ou R$ 20 para o caso de alguma emergência.

7. Programe seu monitor cardíaco ou GPS. Não esqueça de carregá-lo!!!

8. Deixe uma garrafa ao lado da cama, caso sinta sede durante a noite e ficar com preguiça de ir até a geladeira.

9. Evite o uso de MP3 Player nas competições, ou não o coloque muito alto;

10. Cuidado com o ritmo na largada. É normal você largar um pouco mais forte, pois você está descansado.

11. Mentalize a tática que você usará. A mais comum e tradicional é tentar fazer toda a prova em um mesmo ritmo e tentar, se for possível, ganhar alguns preciosos segundos a partir do último quarto de prova. A partir daí tente acompanhar os corredores mais rápidos.

12. Cuidado no posto de água! Tropeços e quedas são normais, pois todos querem pegar água ao mesmo tempo, caso necessário beba caminhando.

13. Veja onde vai jogar o copo vazio!!! Se não tiver lixeira, busque o canto da rua. Se a prova estiver cheia, simplesmente solte o copo à frente do seu corpo. Melhor alguém pisar em cima do que você acertar outro corredor.

14. Tente visualizar o posto de água com antecipação, assim como o copo que você vai pegar. Evite mudanças bruscas de direção nos postos.

15. Procure não parar completamente após a chegada, caminhe um pouco.

16. Cuidado com as gorduras e molhos diferentes!

17. Uma massagem é ótima para relaxar.

18. Não pense em treinar até acordar no dia seguinte.

19. BOA SORTE!!!!”

Resumo do livro

“NÃO CORRA sem ler esse livro – Guia Mitokondria de Corridas” é um livro que te dará conhecimento suficiente para poder se iniciar no excitante mundo das corridas de rua.

Desde a escolha dos tênis ao vestuário ideal; da indicação de consultas a especialistas à definição de objetivos, de opções de percursos de treino e equipamentos e como, onde e quando iniciar os treinos práticos. 

Essa obra traz também dicas motivacionais, alimentares e conteúdos que só vão aprimorar o seu dia a dia. 

Em meio às inúmeras informações que dispomos hoje, “NÃO CORRA sem ler esse livro – Guia Mitokondria de Corridas” apresenta as principais referências para que você comece a correr de maneira simples e segura.

Sobre o autor

Antonio Carlos Ferreira é formado em Educação Física pela UFRJ, em dezembro de 1985 (CREF: 001.261-G/RJ). Treinador categoria “A” regional, registro numero 726, pela Confederação Brasileira de Atletismo; técnico reconhecido pela Confederação Brasileira de Triathlon (Nível 1); especialização em Fisiologia e Avaliação Morfo Funcional (UGF 2003); É treinador de triatletas, corredores e atletas desde 1986, quando formou na UFRJ. Compete em corridas de fundo (5km à maratona) desde 1979. Melhores marcas: 5km (16m55s), 10Km (35m55s), maratona (2h53m53s).

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1152 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."