Maratona de Boston 2022: todos inscritos vão correr

Todos os inscritos na Maratona de Boston 2022 vão participar da prova
Todos os inscritos na Maratona de Boston 2022 vão participar da prova

Uma ótima notícia para aqueles que conseguiram tempo de classificação para disputar a Maratona de Boston em 2022. Aquela “gordura” que o maratonista deveria possuir para garantir a vaga não será necessária para o ano que vem. 

A Boston Athletic Association (BAA), organizadora da Maratona de Boston, anunciou, na última quinta-feira (18), que, se o corredor estiver dentro do limite de tempo estipulado, ele vai correr a prova de 42km mais antiga do mundo, em 18 de abril. É a primeira vez, desde 2013, que todos os classificados serão aceitos.  Todos os corredores devem estar totalmente vacinados.

O número limite de inscritos será de 30 mil corredores, praticamente o mesmo de antes  da pandemia. Antes da Covid-19 cancelar a edição de 2020,, a corrida estava programada para 31.500 corredores.

Maratona de Boston 2022 já tem 24 mil inscritos

Como os corredores tiveram poucas opções de participar de provas para obter o tempo de qualificação para Boston, pois a pandemia cancelou a maioria das maratonas depois de meados de março de 2020. A janela de qualificação para 2022 abriu em 1º de setembro de 2019 e durou até o fechamento das inscrições, em 12 novembro deste ano.

Cerca de 24 mil corredores já se inscreveram para o Boston 2022, de acordo com o BAA, ante os 27.288 que se inscreveram para a Maratona de Boston de 2020.

“Estou muito feliz em compartilhar que todos os que se inscreveram com um tempo válido de qualificação se juntarão a nós para a 126ª Maratona de Boston”, disse Tom Grilk, presidente e CEO da BAA, em comunicado. “Será um retorno histórico ao Dia dos Patriotas e tenho o prazer de dar as boas-vindas a este dedicado grupo de qualificados de volta às estradas de Hopkinton para Boston na terceira segunda-feira de abril, pela primeira vez em três anos.” (Iúri Totti)

COMPARTILHE
Sobre Iúri Totti 1152 Artigos
Iúri Totti é jornalista, com mais de 30 anos de experiência na grande imprensa, principalmente na área de esportes. Foi o criador das sessões “Pulso” e “Radicais” no jornal O Globo. Tem 13 maratonas, mais de 50 meias maratonas e dezenas de provas em distâncias menores. "Não me importo em ser rápido. A corrida só precisa fazer sentido, dar prazer."